Arquivo da tag: youtube

uma das melhores surpresas de 2008 foi o show do money mark. já falei disso aqui, né? o lance é que eu realmente fico feliz de lembrar. que eu nem sabia do show nem nada e numa quinta qualquer fui ao sesc, pagando menos de dez reais pra entrar na choperia e vi um dos caras mais abraçáveis do mundo da música fazer um show leve, divertido e dançante. o lugar estava meio vazio também, o que sempre contribui pra diversão.


outra coisa que eu já disse. money mark = meu pai chóvem. é simplesmente inacreditável. cada vez que eu vejo uma foto do meu pai mais novo eu desconfio que sim, tenho um irmão mais velho por aí.


e não é um cara qualquer, veja bem. conhecido como o quarto beastie boy, produziu e trabalhou com montes de gentes por aí, de beck a jack johnson.


e como eu NUNCA consigo me decidir, MONTES de músicas pra ouvir.


o maravilhoso mundo dos felinos.






completamente obcecada pela khaela maricih, the blow na cabeça de com força. eu mudo a playlist no ipod, mas quando me dou conta tou lá ouvindo de novo, no repeat. sei lá o que acontece.


um lance andrógino sweet pra matar saudades do brian molko e continuar a saga das bandas de meninas. além das dancinhas ridículas é claro. NÃO RESISTO a dancinhas ridículas. CASACOMIGOKHAELA.


mils músicas, já que eu não me decido mesmo. (procê mandêz)


o que quatro acordes são capazes de fazer pela música pop.

vi aqui.

***

a gripe baixou por aqui.

bom, que seja agora, e não durante as férias (dentro de ONZE LONGOS dias). então tou assim, no cataflan pro dente e no antigripal pra gripe. um pra curar e outro pra eliminar.

como eu não tenho costume de tomar remédio, as consequências são péssimas. meu estômago dói HORRORES e me dá um sono terrível. de ficar totalmente imprestável.

mas tudo bem, não tem muito o que fazer além de tentar dormir mais, me alimentar direito e beber toda a água do mundo.

(quando eu era pequena, ficava MUITO chateada quando meus pais diziam – tá doente? é só dormir, comer bem e beber toda a água do mundo. era como se as minhas dores não fossem assim tão importantes (e de fato não eram, mas vai dizer isso pruma criança). e hoje eu não posso negar, remédio nenhum do mundo substitui essa receita.)

***

com relação aos dentes, escutem o que eu digo. se você range os dentes à noite, vá ao dentista AGORA e peça uma plaquinha de bruxismo. A-GO-RA. eu adiei, adiei e no final quebrei dois dentes ao meio. um embaixo do outro. e agora tou assim, mentupindo de anti-inflamatório pra poder tratar de vez. uma chatice que pode ser evitada.

(e a plaquinha também não é lá aquelas coisas pra quem tem bruxismo, viu. é só pra não FODER os dentes todos de uma vez. porque resolver mesmo, só a terapia.)

***

e pra provar que eu não sou pouca bosta nessa vida, post-pra-mim no leones, sobre capitu. desculpa, tá? ;)

não vi o primeiro capítulo e provavelmente não conseguirei acompanhar os próximos, então pedi a ele, que afinal é o crítico de cinema que eu mais respeito nessa vida, que contasse como foi. aí talá. eu acompanharia se fosse você (a série e os posts).

entra lá no youtube e procura a mallu magalhães. pode não ser novidade pra você. pra mim é. e eu adoro né. gente doce assim. tá, nem sempre eu gosto de gente doce. quase nunca na verdade, mas dela eu gostei demais. 15 anos. adorável, sabe.

pra mim.