Arquivo da tag: sono lascada

(daqui)

***

sono lascado por aqui, nem parece que foi feriado uns dias atrás. pra não perder o costume, digo que NEM O BBB eu tenho visto. NEM O BBB. vê que mundo cruel.

***

e a faculdade, que nem começou direito. MEDO de mim no final do semestre (ando literalmente descabelada e estamos em março. descabelada, sabe assim?).


não sei bem o que esperar desse ano com relação à faculdade. a formatura me parece tão distante e eu tenho TANTAS HORAS de atividades complementares pra fazer até dezembro que, de verdade, não sei. então não tou contando muito com isso. a formatura e tals. pode ser que eu me enrole até lá.


o curso também tá mais pra lá do que pra cá, se você quer saber. imagine que na grade curricular de 2006, quando eu entrei, a expectativa era ir do Cálculo Atuarial 1 ao Cálculo Atuarial 6.


no penúltimo semestre, estamos no Cálculo Atuarial 2. esqueceram de alguma coisa ou eu simplesmente dormi.


é meio triste dizer isso, mas nesse momento eu não consigo me importar.

***

temos professores novos em folha também. um deles tinha sido convocado pela faculdade para dar sua primeira aula duas horas antes de nos conhecer. imagina a animação da criatura. ANIMADO com maiúsculas.


um troço triste isso aí de professor recente. não sei se em todo lugar é assim, mas eles chegam tão confiantes no ser humano-aluno, que me dá vontade de chorar. de tristeza. de PRESSENTIR a queda.

***

sobre um assunto que eu não falo há tempos, mas continua tirando minhas noites de sono: a falta de lógica arquitetônica em banheiros coletivos.


depois de um abaixo assinado (pessoal lá na sala ADORA abaixo-assinado), mudamos de sala de aula. convenhamos que a sala anterior era uma verdadeira tortura. acho que eles dividiram umas salas antigas pra formar mais turmas e esqueceram de um detalhe mínimo: a ventilação. afinal de contas, PRA QUÊ janela? enfim, depois do auê mudamos de sala.


daí que as novas instalações são ventiladas, frescas, confortáveis e cheirosas*. só que. a janela do único banheiro feminino do andar dá pra DENTRO da nossa sala. JURO. e gente, o prédio é ótemo, tem quatro salas por andar e é SUPER silencioso. mas e se eu precisar cagar? soltar um peidinho? falar ao telefone? como faz? vou ter que compartilhar com a SALA TODA?


só sei que tou lascada. meu intestino é nada seletivo e obediente. ele QUER funcionar, ele VAI funcionar.


agora com platéia.

***

* isso aí já virou mentira. a sala era uma belezinha, ATÉ que parou de ventar e os ventiladores não funcionaram. na semana seguinte, as cadeiras meio confortáveis foram trocadas pelas cadeiras horríveis da sala anterior. eu que nunca vou mesmo, fico achando engraçada a situação. pessoal fico em POLVOROSA, vocês precisam ver. agora é esperar mesmo, o sérgio malandro aparecer e mostrar as câmeras escondidas. glu-glu e tals.



Anúncios