Arquivo do mês: julho 2008

hoje tem show do black alien e eu tou totalmente uhú. os shows são menores (ainda), não tem muita muvuca e parece que ele vai tocar coisas de black alien & speed. vixê, é pra balançar o esqueleto.

Anúncios

on the rocks

on the rocks

eu vou dar uma de cretininha agora. mas é um causo interessante, então fodam-se vocês, vou contar de qualquer jeito.

recebemos um e-mail do excelentíssimo sr. johnnie walker sobre o lançamento de uma campanha pra incentivar as pessoas a saírem de casa pra encher a lata, esvaziar o caneco, beber água que passarinho não bebe. deu pra entender.

johnnie velho de guerra

johnnie velho de guerra

o e-mail dizia basicamente o seguinte – ligue para o número tal e diga a frase tal que a Johnny Walker paga o seu táxi em até 10km. incrível não?

Demais, mas e o medo de ser spam? porque, opa, nionde que johnnie walker me manda e-mail? e nionde que johnnie walker me manda email oferecendo táxi? aquilo não tava me cheirando muito bem.

e tinha a bendita da frase né. na vibe do – não diga alô, diga alô Cristina!, o lance era ligar no rádio táxi e não dizer – alô, me manda um táxi, mas dizer – EU QUERO MEU PILOTO DA VEZ.

micôncio mode on.

a sorte é que só eu sou caipira (ironia do destino hein tatiana) o suficiente pra MORRER de vergonha da moça do rádio táxi. o máximo que ela poderia dizer era um sonoro ÃHN? e tum-tum-tum na cara dela. mas eu sou caipira, assumo, então deixei essa missão a cargo da Gonzaga.

e não é que deu certo?

a gente mal acreditou quando a moça ouviu a frase esdrúxula e respondeu – pois não, qual o seu endereço?

foi lindo. um momento escandalosamente comemorado.

aí foi isso né. já meio bêbadas saímos do bar onde estávamos e ficamos esperando o táxi NUM FRIO DE RACHAR. a gente podia ter esperado dentro, mas não, a emoção era grande demais.

o taxista chegou numa nice, já foi comentando da promoção, mostrando um dvd com a gravação da festa de aniversário de 60 anos (e perguntando – nem parece que eu tenho 60 NÉ?! magina, dava NO MÁXIMO 59), e resolve escolher OUTRO dvd pra tocar.

– vocês CURTEM dire straits?

e o erro:

– ahm… sim… é… (que eu ia dizer? NÃO, ACHO UMA BOSTA?!)

o tiozinho tasca o dvd no aparelho e de repente nada-mais-me-lembro. o som estava TÃO alto, mas TÃO alto, que eu tive medo de explodir lá dentro. de vez em quando ele abaixava e dizia:

– som bom é outra coisa né? a gente nem sente que tá alto.

E eu lá, segurando o rim com uma mão e o baço com a outra:

ô.

aí foi isso. nóis fumo, vortemo e nada paguemo.

tudo isso é banda? dire straits meets exaltasamba

tudo isso é banda? dire straits meets exaltasamba

o lado CRETINO da história é que a promoção valia durante o mês de julho. ou seja, perdemos UM MÊS INTEIRO DE TÁXI GRÁTIS e dire straits no talo.

adoro esse filme.

adoro esse filme.

eu nunca fui MASTER fã de podcast. ouvia um ou outro, mas sempre achava o lance todo chato demais. às vezes era o conteúdo que, oi, não me empolgava.

umas gentes COMENTANDO notícia de jornal ou conversando sobre o terceiro riff da segunda guitarra do quinta disco de uma banda que ninguém nunca ouviu falar e que também não vai conseguir baixar em nenhum lugar. tou fora.

outras vezes o problema era a trilha. porque podcast moderno tem que ter uma trilha de jazz, intimista, obscura e brilhante. mas a menos que eu queira dar AQUELA cochilada, bom, CAGUEI pras trilhas brilhantes.

enfim.

o lance é que minha experiência com podcast tinha gerado MAIS UM dos meus inúmeros preconceitos. não gostava e ponto final.

até que… depois de ALGUNS ANOS de insistência (weno, a culpa é sua), resolvi give peace a chance dar uma chance ao jovem nerd.

O Jovem Nerd

O Jovem Nerd

baixei o programa sobre a guerra do Vietnã, que é o meu assunto cinematográfico PREFERIDO ever, tasquei-lhe no ipod e peguei um busão avenida ibirapuera – santa Cecília (passando pela 23 de maio, horário de pico, ou seja, MUITO chão pela frente).

viciei né. não queria chegar em casa enquanto não acabasse de escutar. mordi minha língua trocentas vezes tentando segurar a vontade de rir ALTO em vão. chegou uma hora que eu parei de me preocupar e tava a ponto de cutucar a pessoa do meu lado com o cotovelo e falar – ouviu isso? muito bom, muito bom! mas não perdemos toda noção. ainda.

enfim, mas um pra listinha do EU RECOMENDO FORTEMENTE.

agora só falta criar um botton de “eu ouço nerdcast” pra justificar as minhas risadas solitárias dentro do busão.

blogs-brechós são a minha nova mania. compras mils por aqui, quando chegarem eu mostro.

***

everyday minerals

everyday minerals

e as maquiagens hein. vixê, tou fazendo A FEIRA pela internê. entrei no site da everyday minerals pra garantir o kit GRÁTIS com 3 bases 1 blush e 1 corretivo (eu uso corretivo como quem bebe água. to-da-ho-ra-da-vi-da). é só pagar o frete de cinco doletas e esperar a encomenda chegar. o problema é eu conseguir pedir APENAS o kit grátis. não consegui, é claro.

***

pigmentos mac

pigmentos mac

também fiz umas encomendINHAS aqui. eu francamente nunca tinha ouvido falar desses tais pigmentos, mas enfim, vivendo, testando e aprendendo. vi um post nesse blog (que é MOITO a minha cara. adôuro maquiagem de farmácia) e me empolguei.

***

agora oremos pela saúde e a volta ao trabalho dos carteiros.

alguém explica qual o problema do wordpress com as minhas fontes? porque eu venho aqui e vejo uma, abro o netvibes e vejo outra, entro no gerenciador de posts e vejo outra completamente diferente? ahn?