Arquivo do dia: 13 de fevereiro de 2008

apelo.

tentei encontrar o manual do escoteiro pra comprar, mas não achei A edição certa. porque é um lance total nostálgico, então não dá pra ser diferente do manual que eu tinha.

então se alguém conhecer alguém que conhece alguém que tenha A edição (de capa branca) dO manual. tou entrando FORTE na negociação. só pra ter uma idéia, no mercado livre tão pedindo quase 60 mangos (pela de capa amarela. acho que é mais antiga).

agradecida.

Anúncios

olha o luxo!

da tina & tina. adorei. principalmente a explicação para minha, ahm, não-boca.

(eu e belisco)

eu não consegui acertar na sua boca, daí deixei sem. e nem precisa de boca pra saber que é vc.

belisco tá parecendo um meninão!

(gringo e marcela)

a pessoa acredita que é engraçada. fica ESPERANDO a reação das pessoas. uma risada seguida de: bicho, esse cara é demais! e aí a gente entende né. que o problema não é O cara se achar engraçado. o problema são OS que dão corda.

 bocejo

aí tem ESSE cara. que por acaso é meu professor de econometria. que nem se acha TÃO engraçado assim, mas se acha TÃO es-pe-ci-al NO MUNDO matemático que chega a dar náusea. porque não é só sentir-se especial. mas INJUSTIÇADO. ele reclama que a faculdade não valoriza o seu trabalho, que perdeu a chance de ficar rico porque não sabia inglês, reclama dos métodos adotados pela instituição onde trabalha, dos outros professores, dos livros, blablabla. só não reclama dos alunos. não pra nós pelo menos.

e aí entram OS alunos. que ADORAM ouvir as reclamações dO professor. tão genial ele. então eles não SÓ ouvem. eles pedem mais. Gargalham. Aplaudem. Suam. Se abraçam. bem hormonal mesmo.

semestre passado era a mesma história. o mesmo professor, as mesmas lamentações, a mesma ODE a si mesmo e os mesmos alunos. só a matéria era diferente.

no final do semestre os ânimos estavam inflados ao limite. professor e alunos se sentindo mártires do sucateamento do ensino superior. tinha até uma lista de e-mail (da qual eu fui expulsa, mas não vem ao caso). as reclamações, veja só que beleza, rolavam de lá pra cá. ENTRE os reclamantes. que passaram os três últimos meses do ano murmurando nos corredores que aquela situação chegaria ao fim. estavam TODOS agilizando suas transferências. para AQUELA faculdade. TÃO boa AQUELA faculdade. TÃO humana. TÃO justa. oh!

e aí é engraçado né. mas tá todo mundo de volta. OS alunos e O professor. reclamando dos R$ 37,00 a hora aula *.

*(o que é, de fato, um absurdo. mas não é disso que eu tou falando)

  (e esse professor é REALMENTE genial viu. quando resolve dar aula, é de babar)

 

preguiça dessas gentes.