às pessoas que chegam aqui atrás de “professora gostosa” e afins.

as coisas incríveis do pornotube eu só mando pra tate. quem quiser pode pedir pra ela. hé.

(ela manda links com coisas bonitinhas e coloridinhas e eu mando vaginas fumantes. uma dinâmica nossa.)

(só não mandei o link da minha master musa da pornografia. tou devendo. natalie portman cover gozando horrores. juro. sem forçação de barra. quando eu estiver em casa procuro o link pra mostrar. porque essa merece.)

inclusive. rolou o ladyfest há alguns dias. e eu não fui por um monte de motivos que não vêm ao caso. mas eu queria informações sobre a tal discussão em torno da pornografia. porque não acho que esse tipo de discussão aconteça exclusivamente em eventos como esse. né. alou internet. mas não consigo achar. só um comentário aqui e outro ali. em blogs de gentes que não conheço e por isso dificilmente vou me meter a perguntar. então quero saber. e se alguém puder indicar uma direção agradeço.

e apesar de ter lido coisas que me parecem mais do mesmo – a pornografia (e o sexo em geral algumas vezes) como forma de dominação masculina e o corpo como produto e blablabla – acredito que a coisa tenha ido por caminhos mais interessantes e menos óbvios. pelas pessoas que conduziriam a discussão mesmo. que eu não conheço pessoalmente, mas super admiro. porque não dá pra ficar punhetando* sobre A GRANDE indústria pornô. indústria norte-americana embalada pra viagem e similares. tipo brasileirinhas. acho que isso nem vem mais ao caso. e se vem, alguém tem que me falar alguma novidade. mas a pornografia do it yourself é algo que me interessa horrores. e que eu acho que amplia a discussão. porque as motivações são outras. vão além da vitrine com preços e peitos falsos. e além do lance feminismo versus machismo**. e apesar de não anular a discussão anterior, dá um passo à frente. a internet de novo. a-lou.

*eu acredito na esperteza de quem entra aqui. então ninguém vai interpretar isso de forma literal. né.

** tá, às vezes não. mas não tou falando do senso comum. como sempre. a idéia é não baixar a guarda do senso crítico. em sites adultos inclusive.

ps: agora fiquei um pouco em dúvida sobre quem conduziria a tal discussão. porque eu não tava falando do xplastic em si. tava pensando em outras pessoas, na verdade. mas eu conferi e vi que confundi com outra oficina. de consenso sexual. que não me interessa tanto assim.

Anúncios

Uma resposta para “

  1. pra não passar em branco: continue mandando vaginas fumantes.

    pra constar: eu queria ter vivido nesta época:

    (taí um video menos colorido pra você. acho que vc já viu, mas… foda-se).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s